Newsletter QREN

botao_newsletter

N.º 36 | 4 de novembro de 2013

ESTUDO DE AVALIAÇÃO DO CONTRIBUTO DO QREN PARA O COMBATE AO ABANDONO ESCOLAR PRECOCE
Conheça os resultados do estudo agora disponível

O estudo centrou-se na identificação do contributo do QREN para a redução do abandono escolar desde 2007 até ao momento atual, privilegiando a análise do contributo dos instrumentos que no âmbito da programação do QREN especificamente se dirigem à problemática do abandono escolar e que se incluem na Agenda Operacional Temática para o Potencial Humano.

 

As tipologias de intervenção analisadas no Estudo de Avaliação foram: (i) as ofertas formativas de dupla-certificação dirigidas à qualificação inicial de jovens; e (II) os Territórios Educativos de Intervenção Prioritária (TEIP) que promovem a adoção de medidas de natureza extraordinária para os territórios/comunidades com significativos problemas de abandono e saída precoce do sistema de ensino. Os Programas Operacionais do QREN considerados, em resultado dos instrumentos avaliados, foram o Programa Operacional do Potencial Humano (Continente), o Programa Rumos (Região Autónoma da Madeira) e o Programa PRO-EMPREGO (Região Autónoma dos Açores), abrangendo, assim, todo o território nacional.

 

Destacam-se algumas das principais conclusões extraidas do estudo:

 

  • A avaliação efetuada identificou um impacto muito significativo do QREN na redução do abandono escolar precoce por via das modalidades formativas profissionalizantes. Com efeito, os resultados da análise contrafactual efetuada para os alunos com o perfil dos abrangidos pelos cursos de dupla certificação demonstram um impacto positivo em todos os indicadores considerados: taxas de desistência, de transição, retenção e de conclusão. Nos Cursos de Educação e Formação de Jovens (CEF) de nível básico os resultados apresentam um diferencial na taxa de conclusão superior em cerca de 65,7 p.p. face à via regular; nos Cursos Profissionais (CP) do secundário este diferencial é de cerca de 20,7 p.p..;

 

  • A análise contrafactual realizada com os alunos matriculados em escolas TEIP conclui que a evidenciação dos ganhos obtidos pelo Programa TEIP na discriminação de territórios problemáticos apresenta um contributo modesto para o objetivo de política para que visa contribuir;

 

  • As taxas de empregabilidade dos alunos do ensino secundário confirmam a vocação profissionalizante dos cursos de dupla certificação. Esta vocação profissionalizante é reforçada pela representatividade daqueles que, tendo optado por não estudar, se encontravam a trabalhar ao fim de 14 meses da data previsível de conclusão dos estudos, ou seja, 53,3% no caso dos Cursos Profissionais, 46,2% no caso dos CEF e 28,5% no caso dos Cursos Científico-Humanísticos (CCH);

 

  • No plano da organização da oferta formativa verifica-se uma excessiva concentração da oferta de educação e formação na área dos serviços. Por outro lado, o perfil da oferta surge fortemente influenciado pelas preferências da procura por parte dos jovens e pelo próprio perfil de dotação de recursos em termos de equipamentos e formadores das escolas, limitando o efeito de transmissão a partir do mercado de trabalho .

     

Consulte o Relatório Final e o Sumário Executivo.

contatos